main section

main content section

Prêmio FINEP Sudeste tem 15 finalistas

30/07/2004 - Notícias - FINEP

De um total de 149 inscritos, foram escolhidos hoje, na sede da Firjan - Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, os 15 finalistas do Prêmio FINEP de Inovação Tecnológica - Região Sudeste. O Rio de Janeiro liderou, com oito projetos, seguido de São Paulo com quatro, Minas Gerais com dois e Espírito Santo com um.

Apenas o primeiro colocado disputará a etapa nacional do Prêmio FINEP, que acontece em novembro, em Brasília. A ordem dos finalistas só será divulgada durante a cerimônia de premiação, prevista para 30 de setembro, no Rio de Janeiro.

Nas etapas regionais, todos os indicados recebem selos de qualificação e o primeiro colocado na categoria Pequena Empresa é contemplado com um laptop doado pelo Sebrae-Nacional. Já na etapa nacional, os cinco vencedores do Prêmio FINEP 2004 ganharão bolsas de desenvolvimento científico e tecnológico do CNPq, troféus, selos de qualificação e uma viagem ao Reino Unido, onde conhecerão experiências de empresas e instituições afins. Essa viagem será coordenada e patrocinada pelo British Council, mais novo parceiro do Prêmio ao lado do Cenpes (Petrobras), CNPq e Sebrae. Também apóiam a iniciativa a Associação Brasileira de Ciência, Abipti, Anpei, Rede de Tecnologia do Rio de Janeiro, CNI, Scientific American, Revista Expressão, Canal Futura e SBPC.

Conheça os finalistas da região Sudeste:

Wings Telecom (RJ) - Fundada em agosto de 2002, a Wings Telecom desenvolve soluções completas de engenharia com tecnologia sem fio. A empresa, que tem como característica um estreito vínculo com a comunidade acadêmica, já possui nove patentes registradas. Em 2004 (até julho), investiu 30% do faturamento em pesquisa e desenvolvimento, setor em que aloca 20% de seu pessoal. Os produtos inovadores lançados no mercado há menos de três anos geraram 59% do faturamento da empresa, que foi responsável pela implementação de cobertura celular da Claro no Metrô do Rio de Janeiro. Na área de petróleo, em parceria com a RFS, desenvolveu o projeto de comunicação wireless em 13 plataformas oceânicas da Petrobras, na Bacia de Campos, no Rio de Janeiro.